Dicas de segurança em Florença

Florença é uma cidade bastante segura. Aqui raramente acontecem assaltos ou outros tipos de violência contra pessoas, mas isso não quer dizer que você não precise tomar algumas precauções, então resolvi dar algumas dicas para que sua estadia na cidade seja o mais tranquilo possível.

Segurança Pessoal

• Embora assaltos sejam pouco frequentes, furtos podem acontecer, pois há muitos batedores de carteira na cidade. Geralmente os batedores de carteira andam em grupos e são muito difíceis de serem identificados, pois se misturam com os turistas na multidão, muitas vezes carregando mochilas ou câmeras para passarem desapercebidos. A melhor forma de evita-los é ter certeza que bolsas e mochilas estão sempre fechadas e na frente do corpo. Além disso nunca carregue carteiras ou celulares em bolsos de trás. Fique especialmente atento em lugares onde há multidões, como nas estações de trem, na Ponte Vecchio, em frente ao Duomo ou na Piazza della Signoria. Espetáculos de artistas de rua são também um prato cheio para os trombadinhas entrarem em ação.

• Use o cofre do seu hotel para dinheiro, joias, documentos importantes e eletrônicos que você não carrega durante seus passeios. Melhor ainda se o hotel tiver um cofre para os hóspedes fora do quarto, perto da recepção. Infelizmente nem sempre a equipe dos hotéis prima pela honestidade. Já tive amigos que tiveram dinheiro furtado de dentro de uma mala fechada com cadeado em Veneza e um outro caso de um conhecido que teve seu laptop furtado de dentro de um quarto de hotel na Espanha.

• Use cintas de dinheiro para carregar seu dinheiro com você, mas nunca as mostre em público. Tenha sempre o dinheiro que você vai usar no dia na carteira, se precisar tirar

dinheiro da cinta não o faça em público, va ao banheiro de um bar ou restaurante para isso.

• Em bares e restaurantes fique sempre atento aos seus objetos pessoais, principalmente às bolsas e mochilas. Evite deixar bolsas e mochilas penduradas no encosto da cadeira, onde você tem dificuldade de vê-las, prefira deixar em uma cadeira ao seu lado. A confusão dos restaurantes cheios é um prato cheio para espertinhos.

• A bordo de trens, se estiver viajando com bagagem que não esteja perto de você no vagão, fique atento às suas malas cada vez que o trem parar numa estação ou estiver se aproximando do seu destino final. O compartimento reservado para as malas nos vagões é muito próximo à porta de entrada e saída dos trens, e não é vigiado nem fechado, o que facilita a atuação de ladrões. Quando perceber que o trem está se aproximando de uma estação é melhor se levantar e ir imediatamente ao compartimento de bagagens.

• Regiões de Florença que devem ser evitadas: Via Palazzuolo, em qualquer horário do dia e da noite. É a única rua realmente perigosa da cidade, e fica perto da Estação Santa Maria Novella. Embora sejam poucos os relatos de violência nessa rua, infelizmente existe uso de drogas pesadas a céu aberto lá e atuação de gangues. Evite também andar sozinho pela região de Santa Croce de madrugada, principalmente na região da Via de Benci. Como é uma região muito frequentada por jovens turistas americanos, que bebem demais e ficam vulneráveis, é um prato cheio para assaltantes. É uma das únicas zonas da cidade onde são relatados assaltos, mas é perfeitamente segura durante o dia.

Segurança Pública

Ainda que a Europa esteja em estado de alerta contra o terrorismo, a Itália tem tomado muitas precauções para que o país continue seguro. O país nunca foi vítima de atentados externos, o terrorismo aqui foi sempre obra da máfia, que foi combatida e vencida há mais de 20 anos. Isso fez com que os serviços de inteligência do país tenham se tornado extremamente eficientes, muito antes da onda de terrorismo atual.

Além disso, análises recentes dizem que há pouquíssimos foreign fighters no país, pois o número de imigrantes muçulmanos de segunda ou terceira geração é baixíssimo. A quantidade de suspeitos extraditados tem aumentado a cada ano, e novos suspeitos são investigados e neutralizados rapidamente.

Apesar disso o nível de risco de terrorismo na Itália atualmente é 2, numa escala que vai até 3. Mas isso não quer dizer que não seja seguro viajar por aqui, pois as medidas contra-terrorismo são cada vez mais eficientes.

Desde os ataques ao Club Bataclan em Paris, no final de 2015, o Exército Italiano faz patrulhamento intensivo nas ruas, estações de trem e perto dos principais monumentos e museus.

Todos os museus e as principais igrejas da cidade estão equipados com detectores de metais na entrada e o controle de segurança é extremamente rígido.


Para evitar ataques com caminhões e carros, a prefeitura de Florença está instalando pesados obstáculos (floreiras de concreto ao invés de muros) que impedem que veículos desenvolvam uma maior velocidade nas principais praças e vias pedonais da cidade, evitando assim os trágicos atropelamentos que aconteceram recentemente em várias cidades da Europa e aumentando a quantidade de plantas no Centro Histórico.

Seguindo as dicas de segurança pessoal que dei acima e confiando nos serviços de segurança pública da Itália você não precisa ter medo, sua estadia em Florença e na Itália não correm riscos.

Fotos: Gustavo Gaiarsa


#guiabrasileiro #toscana #sigaessetomate #guianatoscana #italia #viagemeturismo #florença #firenze #tourguide #pomodorotours #privatetour @pomodorotours #segurança

Pomodoro Tours di Pelosini Gaiarsa Gustavo P.IVA 06723760481

  • Facebook
  • Instagram